Saúde Tecnologia

Como a alimentação pode ajudar na saúde dos olhos?

Você já parou para pensar como a alimentação pode influenciar a saúde dos seus olhos? Sim, a alimentação influencia no processo de absorção de nutrientes e alguns deles como vitaminas A, C e E, ômega 3, entre outros, são fundamentais para o bom funcionamento da visão.

Iniciar e manter hábitos saudáveis não é uma escolha apenas de quem deseja reduzir o peso ou medidas. Quando adotamos essas práticas, o corpo passa por transformações benéficas que contribuem para a saúde e manutenção de todo organismo, incluindo a saúde ocular.

Lá no século XV, Da Vinci dizia “Os olhos são as janelas da alma”. O que será que ele quis dizer com essa afirmação? Bom, que um olhar diz muito sobre alguém. Podemos esconder as palavras, mas os olhos sempre nos entregam. Sendo assim, já que eles são as janelas da alma, você tem cuidado bem deles? Então, confira quais são os principais nutrientes que podem cooperar para você ter uma visão saudável.

Vitamina A

Com função antioxidante, combate efetivamente o estresse oxidativo. Quando há deficiência dessa substância no organismo, pode levar diretamente à diminuição da visão e até mesmo causar cegueira noturna, isso porque a vitamina A ativa a produção de rodopsina, uma proteína presente nas células dos olhos responsáveis por nos permitir diferenciar o claro do escuro.

A vitamina A está presente nos seguintes alimentos: manga, ovo cozido, ricota, cenoura, mamão papaya, batata doce, abóbora e brócolis. 

Vitamina C

Um nutriente excelente no combate a ação dos radicais livres, a vitamina C também é um antioxidante poderoso. Com o poder de auxiliar na prevenção de catarata, seu fator antioxidante também atua contra o envelhecimento do cristalino (a lente do olho humano). 

Por contribuir para a produção de colágeno, também é importante para a formação da córnea e da esclera (a parte branca) dos olhos. 

Alguns alimentos em que a Vitamina C está presente: acerola, goiaba, morango, abacaxi, laranja, kiwi e limão, por exemplo. 

Vitamina E

Mais uma vitamina que combate os radicais livres. E, já que muitos problemas oculares são causados pelo estresse oxidativo das células, fica clara a importância da vitamina E para a nossa visão, certo? Essa vitamina também age na renovação celular e, junto com outros nutrientes e vitaminas, como os que estamos citando nesse texto, pode ajudar a diminuir o risco de cegueira em idosos.  

A Vitamina E pode ser encontrada nos seguintes alimentos: amendoim, espinafre, amêndoas, pepino, castanha-do-pará, grão-de-bico, couve e outros.

Ômega-3

O ômega 3 é essencial para o desenvolvimento e funcionamento da retina. Por agir como anti-inflamatório natural, pode combater os sintomas da Síndrome do Olho Seco ao restaurar a produção de lágrimas e, consequentemente, contribuir no aumento da umidade natural dos olhos. 

O ácido graxo ômega-3 está presente nestes alimentos: peixes, nozes, semente de chia, óleo de soja e linhaça. 

Luteína e Zeaxantina

Essa dupla faz parte da família dos carotenoides e ajuda a prevenir a degeneração macular e a catarata.

Elas estão presentes na mácula, a região central da retina, e possuem a importante função de filtrar a luz azul, prejudicial aos nossos olhos, evitando danos oculares. 

Alguns alimentos em que você pode encontrar a luteína e a zeaxantina são: gema do ovo, milho, ervilha, laranja, tangerina e vegetais folhosos verdes.

Zinco

Você sabia que o zinco está presente em altas concentrações nos olhos? É por isso que ele desempenha um papel fundamental na manutenção do bom funcionamento ocular. Caso a quantidade desse nutriente esteja insuficiente no organismo, a saúde da retina pode ser prejudicada e, consequentemente, acontecerem alterações na visão.

O zinco também contribui na produção de melanina da membrana ocular, responsável por proteger nossos olhos dos raios ultravioletas.

Esse nutriente pode ser encontrado nos seguintes alimentos: leite, frutos do mar, feijões e grãos integrais.

Levar uma vida saudável no dia a dia não só pode melhorar a saúde dos olhos como também beneficiar todo o organismo. Sabemos que, às vezes, não conseguimos ingerir a quantidade de nutrientes necessária durante o dia, por isso, a suplementação pode facilitar esse processo e nos ajudar no caminho para adotarmos bons hábitos para a saúde. 

Ficou com dúvidas de como implementar a suplementação de nutrientes no dia a dia? Responda o nosso formulário e deixe a Beca, nossa inteligência artificial, mostrar os melhores resultados para você. 

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.