Saúde Tecnologia

Ácido Hialurônico: o que é e quando usar?

A idade chega e, junto com ela, alguns efeitos que muita gente quer evitar, como o aparecimento das rugas, linhas de expressão e manchas na pele. O ácido hialurônico é uma substância que já temos no nosso organismo e é muito utilizada para combater o envelhecimento por meio de tratamentos estéticos. 

Aqui, vamos te explicar como é o funcionamento desse ácido, quais seus principais benefícios e como podemos incluí-lo na nossa rotina. 

O que é o ácido hialurônico?

O ácido hialurônico é um polímero que faz parte da cartilagem da pele, olhos e mantém o líquido sinovial das articulações. Trata-se de uma molécula que é composta por dois açúcares: o ácido glucurônico e n-acetilglucosamina. Sua ação de se ligar às moléculas de água e reter umidade é o que o caracteriza como “rejuvenescedor”. 

A partir dos 18 anos, a nossa capacidade de produção do ácido hialurônico e outras substâncias importantes para o aspecto da pele, como o colágeno e a elastina, diminui e percebemos a perda de volume, gordura e hidratação, que podem resultar nos efeitos naturais do envelhecimento. Além disso, existem outros fatores que favorecem o envelhecimento precoce, como perda de peso excessiva, tabagismo, poluição, consumo de álcool, exposição ao sol e outros.

A boa notícia para quem deseja combater esses efeitos é a de que é possível “adquirir” o ácido hialurônico por outros meios e é sobre isso que falaremos a seguir!

Meios para obter ácido hialurônico e seus funcionamentos

Injetável

Primeiramente, é indispensável recomendar que esse tipo de procedimento seja feito apenas por profissionais habilitados e capacitados, como dermatologista, cirurgião plástico ou dentista especializado. Isso porque é um produto em forma de gel aplicado por meio de injeção com o objetivo de preencher rugas, sulcos e linhas de expressão, geralmente ao redor dos olhos, testa e cantos da boca, além de ser usado para redução de olheiras e cicatrizes profundas de acne. 

Por ser uma substância que o nosso corpo produz, as chances de rejeição ou alergia são bem baixas. Porém, é preciso muito cuidado para não atingir artérias durante a aplicação para evitar problemas graves, como necrose e AVC. Por isso, a dica é sempre priorizar bons profissionais. 

Tópico / Creme

Também é possível encontrar diversas opções de ácido hialurônico para uso tópico, mas é importante não colocar expectativa errada sobre esse tipo de produto. Ele possui efeitos benéficos e pode ser utilizado como aliado no tratamento, porém, seus efeitos não podem ser comparados aos resultados oferecidos pelo ácido hialurônico injetável. 

Esse tipo de creme ajuda a hidratar a pele e dar uma aparência mais firme e lisinha. 

Cápsulas com ácido hialurônico

Nessa opção, é possível observar ótimos efeitos antienvelhecimento, pois as cápsulas auxiliam na reparação dos tecidos e melhora da elasticidade da pele. Além disso, elas podem ajudar em processos de cicatrização.

Ácido hialurônico x toxina botulínica

Para finalizar, achamos importante deixar claro que o ácido hialurônico não é a mesma coisa que a toxina botulínica, o famoso Botox. A proposta deles é distinta, mas podem ser complementares dependendo do caso. 

É fato que uma das principais funções de ambos é o combate aos sinais do envelhecimento facial e o profissional que fará o procedimento vai poder optar qual será utilizado. 

De uma maneira simples e direta, o ácido hialurônico é uma substância natural que age como preenchedor e reforça a hidratação da pele. É muito indicado quando há perda óssea ou de gordura. Já a toxina botulínica age na inibição da contração muscular e evita o aprofundamento das rugas. 

  Os efeitos do envelhecimento são fatores que atrapalham a sua autoestima? Se a resposta foi sim, tire poucos minutinhos para responder o nosso questionário e descobrir se a Beca, nossa inteligência artificial, vai indicar a suplementação com ácido hialurônico na sua rotina de cuidados com a saúde. 

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.