Saúde Tecnologia

7 Nutrientes que não podem faltar na saúde da mulher

Hábitos alimentares mais saudáveis são essenciais na vida de qualquer ser humano e, disso, não temos dúvidas. A nossa necessidade nutricional varia de acordo com diversos fatores, como idade e sexo. As mulheres correm mais riscos de sofrer com doenças como a anemia e a osteoporose, além de vivenciarem mudanças hormonais ao longo da vida, como na puberdade, na gestação e na menopausa, e a alimentação tem tudo a ver com esses fatores. Por isso, separamos, nesse texto, sete nutrientes indispensáveis na saúde da mulher para que eles nunca faltem no prato e na suplementação. Vamos lá? 

1 – Ferro:

Algumas das funções desse mineral são: transportar oxigênio no corpo, participar da produção de hemácias, contribuir com a função imunológica e contribuir para o crescimento celular. 

Quando falta ferro no organismo, pode acontecer a redução na produção das hemácias e resultar em anemia, que compromete o sistema imunológico e pode causar sintomas como fadiga e falta de ar. No período menstrual, dependendo do fluxo de sangue, as reservas de ferro no organismo da mulher também podem ser reduzidas, aumentando ainda mais as chances de uma anemia. Por isso, consumir alimentos como carnes magras, nozes, vegetais verdes e feijão no dia a dia pode ajudar muito a reforçar esse nutriente no corpo.

2 – Cálcio:

Os ossos podem ir enfraquecendo com o passar do tempo, por isso, ofertar boa quantidade de cálcio para o organismo desde a adolescência, é uma indispensável maneira de prevenir a osteoporose, já que a mulher começa a perder densidade óssea a partir dos 20 anos. O cálcio é o nutriente responsável por manter os ossos e os dentes fortes e ajudar na função muscular. Alguns alimentos ricos em cálcio são: leite, queijo, iogurte, couve, repolho e brócolis. 

3 – Vitamina B9:

Conhecida também como ácido fólico, essa vitamina é indispensável para as mulheres que estão gestantes. Isso porque ele é essencial no desenvolvimento do sistema nervoso e para reduzir os riscos de malformações no bebê. Além disso, a deficiência de vitamina B9 também pode causar anemia. Ele está presente em alimentos como cereais integrais, vegetais verde-escuros, como o espinafre e o aspargo, amendoim, abacate e outros. 

4 – Fibras:

Indispensáveis para o bom funcionamento do intestino, as fibras também podem reduzir os níveis de colesterol ruim, auxiliar na saciedade e diminuir as chances de doenças cardíacas, diabetes e, até mesmo, o câncer. É possível obter fibras através de alguns cereais, frutas frescas, vegetais, legumes e grãos. 

5 – Ômega 3:

Esse ácido graxo essencial pode auxiliar nas funções cerebrais, comportamentais e na saúde ocular, além de poder reduzir a pressão sanguínea e diminuir quadros inflamatórios. O ômega 3 pode ajudar na prevenção de doenças do coração, câncer, artrite e outros. Peixes de água salgada são a principal fonte desse nutriente, mas ele também pode ser encontrado em sementes de chia, linhaça e nozes.

6 – Magnésio:

Excelente mineral para o bom funcionamento das funções musculares, neurológicas e para a saúde do coração, o magnésio também pode auxiliar na melhora do sistema imune, na saúde dos ossos e na regulação da pressão e dos níveis de açúcar no sangue. O magnésio também está relacionado com a produção da serotonina, um neurotransmissor importante para diminuir a ansiedade e auxiliar no controle das variações de humor. Esse mineral pode ser encontrado em alimentos como feijão, lentilha, aveia, arroz integral, abacate, banana, brócolis, couve, leite, oleaginosas e outros.

7 – Biotina:

Também conhecida como vitamina B7 ou H, a biotina é uma vitamina hidrossolúvel produzida no intestino por meio de bactérias e, também, pode ser obtida em alimentos e suplementos. Essa vitamina é essencial para a saúde da pele, do cabelo e das unhas. A falta dela pode deixar a pele seca e escamosa, além de causar queda de cabelo e unhas enfraquecidas. Algumas fontes desse nutriente: amendoim, nozes, tomate, ovo, leite, carne vermelha e outros. 

Existem muitos outros nutrientes indispensáveis para a saúde da mulher e não faltarão oportunidades para abordarmos sobre eles aqui. Todos esses que citamos podem, sim, ser adquiridos por meio de uma alimentação equilibrada, mas, mesmo assim, em diversos momentos a suplementação de alguns deles se fará necessária para o bom funcionamento do corpo. Para descobrir qual nutriente é essencial no seu organismo e no seu dia a dia, responda nosso questionário que é super-rápido e deixe que a Beca, nossa inteligência artificial, descubra o que não pode faltar para você! 

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.